download

Perda auditiva x Demência

Publicado por Fonaudio em 03 de abril de 2023

A perda auditiva é uma condição que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, estima-se que mais de 466 milhões de pessoas em todo o mundo vivam com algum tipo de perda auditiva. Embora a perda auditiva possa ter um impacto significativo na qualidade de vida das pessoas, ela também pode estar relacionada a um risco aumentado de demência.

A demência é uma condição que afeta a função cognitiva, incluindo a memória, o pensamento e a capacidade de realizar tarefas diárias. A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência e afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Embora a causa exata da doença de Alzheimer seja desconhecida, sabe-se que a idade avançada, a genética e outros fatores de risco, como hipertensão, diabetes e tabagismo, podem aumentar o risco de desenvolver a doença.

Recentemente, tem havido um interesse crescente em entender a relação entre perda auditiva e demência. Vários estudos sugerem que a perda auditiva pode estar associada a um risco aumentado de demência. Um estudo publicado no Journal of the American Geriatrics Society descobriu que a perda auditiva moderada a grave aumenta o risco de demência em até 69%. Outro estudo publicado no Journal of the American Medical Association descobriu que a perda auditiva está associada a uma redução do volume cerebral em áreas específicas do cérebro relacionadas à audição e à memória.

Então, como a perda auditiva pode estar relacionada à demência? Uma teoria é que a perda auditiva pode levar a uma sobrecarga cognitiva. Quando as pessoas têm dificuldade em ouvir, precisam gastar mais energia para processar as informações sonoras. Isso pode deixar menos energia disponível para outras tarefas cognitivas, como lembrar informações e resolver problemas. Além disso, a perda auditiva pode levar a um isolamento social e a uma redução das atividades cognitivamente estimulantes, o que pode contribuir para a demência.

Felizmente, a pesquisa sugere que o tratamento da perda auditiva pode ajudar a reduzir o risco de demência. Um estudo publicado na revista The Lancet descobriu que o uso de aparelhos auditivos estava associado a uma melhora significativa nas pontuações dos testes cognitivos. Outro estudo publicado no Journal of the American Geriatrics Society descobriu que o uso de aparelhos auditivos estava associado a uma redução do risco de demência.

Em resumo, a perda auditiva e a demência estão intimamente relacionadas. Embora a causa exata dessa relação ainda não seja totalmente compreendida, a pesquisa sugere que o tratamento da perda auditiva pode ajudar a reduzir o risco de demência. Se você está enfrentando problemas de audição, é importante conversar com um profissional de saúde e considerar o uso de aparelhos auditivos. Além disso, é importante adotar um estilo de vida saudável e manter o cérebro ativo e estimulado por meio de atividades cognitivamente desafiadoras.

Leia também

download

Perda auditiva x Demência

LER MAIS

a (2)

Zumbido no ouvido – Causas, prevenção e tratamento

LER MAIS

a (1)

Cuidado auditivo diretamente do conforto e segurança da sua casa

LER MAIS