a1

Como ajudar a pessoa a aceitar que está perdendo a audição

Publicado por Fonaudio em 01 de junho de 2021

Você tem um amigo ou um familiar querido que tem problema de audição, mas se recusa a usar um aparelho auditivo? Então este artigo é para você!

Nós da Fonoaudio separamos 10 dicas para você ajudar seu familiar querido nesse processo de aceitação. Confira abaixo:

  1. Conte histórias de sucesso de pessoas que fizeram tratamento auditivo

Um dos primeiros passos para uma pessoa com perda auditiva aceitar o uso de um dispositivo é a motivação. Sendo assim, para que isso aconteça, você deve mostrar para seu ente querido histórias de pessoas que aceitaram fazer o tratamento auditivo e que tiveram um sucesso total. Ou seja, mostrar suas experiências com o aparelho auditivo, os benefícios, no que ajudou e como essa pessoa se sente agora.

Então se você conhece uma pessoa que usou aparelho auditivo e teve resultados positivos, converse com ela, entenda sobre o assunto e, assim, passe as informações pro seu amigo ou familiar. Lembre-se, histórias de sucesso sempre motivam alguém!

2. Mostre que os aparelhos auditivos estão cada vez menores e confortáveis

A grande maioria da pessoas não se dispõem a usar um dispositivo pelo fato de não aceitarem que estão dominados por um problema de audição e para que os outros não fiquem sabendo. Além disso, se preocupam muito com o conforto, com medo de perder qualidade de vida. Porém, esse pensamento é muito retrógrado, pois os aparelhos auditivos de hoje estão cada vez menores, confortáveis e existentes de todas as cores (inclusive cor de pele) e de todos os tipos, sendo dentro da orelha ou atrás. Essa nova tecnologia faz com que as pessoas nem percebam o uso do aparelho auditivo em alguém e tem o lema conforto uma das suas prioridades.

Então pronto, esse argumento de que não quer que as pessoas percebam e que não é confortável, já não pode ser mais usado pelo seu ente querido.

3. Não seja o ouvido do seu ente querido

Quando você está conversando com alguém que tem problema de audição e essa pessoa pede para você repetir a frase ou falar mais alto, não obedeça.

Sempre que você fala mais alto ou repete o que foi falado para pessoas com perda auditiva, faz com que elas adiem a consulta de um médico e de um tratamento adequado. Sendo assim, sempre fale mais baixo e não repita o que foi falado, pois assim ela se sentirá incomodada e irá procurar ajuda.

4. Mostre as consequências que a perda auditiva pode trazer para a vida desta pessoa

Sempre tem uma pessoa mais durona e que, infelizmente, o jeito de convencê-la é “pegar pesado”. Se o seu amigo ou familiar é um desses, você deve mostrar todas as consequências que a perda auditiva pode trazer para a vida dele. Confira algumas abaixo:

  • A chance de ter doenças como Alzheimer e demência são maiores;
  • Solidão, frustração e fadiga mental se tornam mais presentes no cotidiano;
  • Desenvolver doenças emocionais;
  • Risco de prejudicar qualquer tipo de relacionamento;
  • Perda de autoestima.

Então se tocarmos no ponto fraco da pessoa, que além de ter que se tratar da perda auditiva, terá que tratar de outros problemas, talvez a ficha dela caia.

5. Dê uma mão em pesquisas de orçamento de um aparelho auditivo

Talvez o que preocupa seu amigo ou familiar seja o orçamento de um tratamento como esse, e por isso chega na conclusão de “deixar isso quieto”. Para isso, você pode ajudá-lo fazendo pesquisas de orçamento, procurando aparelhos que o custo benefício é melhor e, além disso, pesquisar sobre algum plano de saúde que pode ajudar com isso.

6. Peça ajuda para alguém que seu ente querido confia

Talvez só você falando não consiga afetar tanto o sentimento do seu amigo ou familiar com problema de audição. Para isso, você precisa achar alguém que seu ente querido se importe e dê atenção, como por exemplo, uma sobrinha mais nova ou até mesmo um médico de confiança. Conselho vindo de outras pessoas, as vezes são mais bem vindos.

7. Mostre como isso afeta no relacionamento de vocês

É importante que o seu amigo ou familiar perceba o quanto a perda auditiva dele afeta você e outras pessoas. Mostre pra ele que você se importa, e que isso te traz preocupações inimagináveis. Dessa vez, use compaixão e paciência, você vai precisar!

8. Seja um exemplo para ele

De acordo com pesquisas, o incentivo e a recomendação são fatores principais para uma pessoa começar a usar aparelhos auditivos. Sendo assim, use você como incentivo, faça consultas auditivas todo ano e mostre que você se preocupa com a sua audição.

9. Acompanhe essa pessoa querida em consultas médicas

Um passo importante para uma pessoa com problema de audição é saber que ela tem uma pessoa para confiar e ajudar nas coisas que forem necessárias, como por exemplo, ir para consultas médicas acompanhado. Disponibilize de ajudar esta pessoa indo no médico com ela, acompanhando todos os procedimentos e escolhas do dispositivo, assim, ela se sentirá mais confortável e segura.

10. Mostre a independência que essa pessoa terá depois de usar um dispositivo

Com certeza deve ser muito frustrante não ouvir certas coisas e precisar de terceiros para ser seu “google tradutor”. A sensação de estar incomodando outra pessoa deve ser enorme, e sentir isso é bem chato, né?!

Por isso, você deve explicar para seu ente querido a independência que ele terá após começar o tratamento de audição. Com o aparelho auditivo, acabou as perguntas do tipo: “Desculpa, não entendi”, “Pode repetir?”, “Fala um pouco mais alto, por favor”. Além disso, a presença de outra pessoa para ela poder escutar não será mais preciso, isso ela irá conseguir sozinha!

Depois de saber todas as dicas para convencer uma pessoa querida a usar aparelho auditivo, que tal começar a praticá-las? Após o processo de aceitação, procure a melhor empresa de aparelhos auditivos do mercado, ou seja, procure a Fonoaudio. Nós fazemos tudo com amor!

Leia também

download

Perda auditiva x Demência

LER MAIS

a (2)

Zumbido no ouvido – Causas, prevenção e tratamento

LER MAIS

a (1)

Cuidado auditivo diretamente do conforto e segurança da sua casa

LER MAIS