student-doing-a-hearing-test-1

O que é audiometria?

Publicado por Fonaudio em 15 de fevereiro de 2021

A perda da audição é algo que pode acometer qualquer um de nós, a qualquer momento da vida. E se você acompanha o nosso blog há um tempo, já deve conhecer algumas das situações que podem levar à perda auditiva. De acordo com o IBGE, o Brasil tem cerca de 10 milhões de pessoas com deficiência auditiva, número assustador e cresce a cada dia… e uma das formas de descobrir se o paciente está perdendo a audição, é fazendo a audiometria, exame que analisa a função do sentido.

Teste de audição. (Reprodução/Freepik)

Como cuidar da sua capacidade de ouvir é algo fundamental, a prevenção é sempre  a melhor escolha para aqueles que buscam qualidade de vida. Assim, se você notar qualquer dificuldade em entender os sons ou qualquer outra situação que fuja àquilo que você está acostumado, procure ajuda, ok? Isso se torna ainda mais imprescindível quando falamos de pacientes com idade avançada, na qual a audiometria deve ser feita como uma exame de rotina, tudo para preservar a audição.

A Fonaudio faz questão de relembrar algumas situações que podem levar à perda auditiva:

  1. Fatores genéticos;
  2. Uso constante de medicamentos ototóxicos;
  3. Exposição à altos ruídos;
  4. Infecção no ouvidos;
  5. Perfuramento do tímpano;
  6. Questões psicoemocionais;
  7. Traumas.

Além do mais, pessoas que são frequentemente expostas à sons (ou barulhos) altos, assim como os que costumam fazer uso recorrente dos fones de ouvido, devem se atentar aos sinais da perda auditiva.

Agora que você já sabe quando deve procurar um fonoaudiólogo, é importante que também conheça os tipos de audiometria existentes.

Audiometria Tonal – Avalia o estado das funções auditivas. Para tanto, o exame avalia o nível mínimo de estímulo para a percepção do som em diversas frequências.

Audiometria Vocal – A audiometria vocal também é muito importante para o diagnóstico correto, uma vez que ele indica o índice de percepção da fala, isto é, analisa o quanto o paciente entende a fala do examinador.

Por ser um exame simples, sem riscos e indolor, a audiometria não exige nenhum tipo de preparação, além do descanso do organismo e dos ouvidos, é claro. Assim, o paciente ficará isolado dentro uma cabine e recebendo estímulos sonoros por um determinado período de tempo. No exame tonal, o paciente é orientado a levantar a mão sempre que escutar um som. Já no exame vocal, a pessoa deve repetir a fala do examinador.

Em algumas situações, outros exames além da audiometria podem ser requeridos. É somente após a certeza, que o diagnóstico é dado. Portanto, não se preocupe, tudo dará certo!

Ah, se você frequenta festivais de música ao vivo ou se trabalha com máquinas barulhentas, faça o exame regularmente e cuide da sua audição, ok? Não se esqueça disso!

Leia também

download

Perda auditiva x Demência

LER MAIS

a (2)

Zumbido no ouvido – Causas, prevenção e tratamento

LER MAIS

a (1)

Cuidado auditivo diretamente do conforto e segurança da sua casa

LER MAIS